Letter n. 5: We Need Your Support Urgently!

maio 8, 2013

Letter n. 5: We Need Your Support Urgently!

Today we write for those who support us. We write for those who trust in our struggle and agree with our view.

We are people who live in the rivers where dams are being built. We are Munduruku, Juruna, Kayapo, Xipaya, Kuruaya, Asurini, Parakanã, Arara, fishermen and riverine. The river is our supermarket. Our ancestors are older than Jesus Christ.

We occupied Belo Monte Dam sites seven days ago. We are against the construction of large projects that destroy our lives. We want to be able to have a dialogue with the government about this. First of all they need to regulate the law about Prior and Informed Consultation, so that they can consult us before doing any study or construction in our lands. The government also needs to stop whatever they are doing in our territory and to take the troops out of it.

We are on this occupation without any support. Even the journalists and lawyers where prohibited to assist us. It’s been 5 days that we have been taking pictures ourselves.  They want to intimidate us with a huge number of officers. The National Force is the ones “negotiating” with us, and telling us that no one from the government will come. They are making it harder for us to access food or infirmary; and for outsiders to come here. We are concerned about what might happen to us.

We need help. We need the organizations to support this occupation, to write appeals on our behalf, and to stand up against the government’s posture. We need Journalists to continue talking to us, even if it is from outside or by phone. We are very happy with all the coverage. We also need the population to support us. If you can’t be closer, please send a donation by Internet or bank.

Caixa Econômica Federal – Mutirão pela Cidadania Agencia: 0551 – Conta: 1532-7 – OP 003 – CNPJ: O1993646/0001-80

It is very important to us. Help if you can. We have high hopes this time.

~ http://ocupacaobelomonte.wordpress.com/2013/05/08/carta-n-5-para-aqueles-que-nos-apoiam/

~

Belo Monte: deputado é impedido pela polícia de conversar com indígenas; imprensa é barrada; militares ‘negociam’ em nome do governo</p><p>Via CIMI<br />Ruy Sposati, de Altamira (PA)</p><p>O deputado Padre Ton (PT-RO) foi impedido por policiais da Força Nacional de Segurança de entrar no canteiro de obras da Usina Hidrelétrica Belo Monte, no Pará. O sítio está ocupado desde quinta-feira, 2, por indígenas que reivindicam a realização da consulta prévia e a suspensão da construção de hidrelétricas nos rios Xingu, Tapajós e Teles Pires.</p><p>Dois fotógrafos e duas equipes de televisão também foram novamente impedidos de entrar no local. Um dos jornalistas foi ameaçado de prisão por policiais, caso entrasse no canteiro. Um grupo de apoiadores do município de Altamira que levava frutas para os indígenas não foi liberado para entregar as doações aos manifestantes.</p><p>Numa lógica de desinformação, policiais teriam dado a informação falsa ao deputado de que os indígenas recusaram a visita do parlamentar. Mais tarde, o coordenador de movimentos do campo e território da Secretaria Geral da Presidência, Nilton Tubino, teria ligado ao deputado Padre Ton e o orientado a não ir ao canteiro. Dentro do canteiro, policiais disseram aos indígenas que Padre Ton não entraria para encontrá-los.</p><p>Em nome do governo federal, a Força Nacional apresentou ao indígenas uma última “proposta” de negociação: os indígenas deverão apresentar uma lista de reivindicações, que será assinada por eles e pelo governo, que se comprometerá a cumpri-la sob a condição de que, depois de assinado o acordo, os indígenas deixassem o canteiro.</p><p>“O governo já disse pra vocês que não vem aqui”, disse um policial da Força Nacional aos indígenas. “É mais fácil acontecer um despejo do que vocês conseguirem a pauta de vocês. Então é bom aceitarem essa última proposta”. Os indígenas não aceitaram.</p><p>http://cimi.org.br/site/pt-br/?system=news&conteudo_id=6853&action=read

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: