“We want what has always been ours.”

“We want the Constitution to be put into practice, things that they [the Government] are not doing.

We, indigenous peoples, we are fighting for the right is ours. Right to our territory, our belief, our culture.

We want what has always been ours.

So, that’s why we have been organizing, each day more, if combining the other indigenous peoples. Because our struggle today is a fight only: the right to our territory, a right to life. “

 Tacurari Xipaya e Valdenir Munduruku  Radio interview~Amazon National day 7/06 on the meeting with the Minister Gilberto Carvalho, in Brasília/DF.

The Indians account for the disagreements with the federal Government, talked about the false accusations made by Minister Gilberto Carvalho, the stoppage of demarcation processes, the need for interruption of works in Belo Monte until consultations and studies are made.

Foto: Elza Fiúza/ABr

 “Queremos que a constituição seja posta em prática, coisas que eles [governo] não estão fazendo.

 Nós, povos indígenas, a gente está lutando pelo direito que é nosso. Direito ao nosso território, direito a nossa crença, direito a nossa cultura.  A gente quer aquilo que sempre foi nosso.

 Então, é por isso que a gente vem se organizando, cada dia mais, se aliando a outros povos indígenas. Porque a nossa luta hoje é uma luta só: o direito ao nosso território, um direito a vida.”

 Tacurari Xipaya e Valdenir Munduruku concederam entrevista a Rádio Nacional da Amazônia dia 7/06 sobre a reunião com o ministro Gilberto Carvalho, em Brasília/DF.  Os índios esclarecem os desacordos com o governo federal, falaram sobre as falsas acusações feitas pelo ministro Gilberto Carvalho, a paralisação dos processos demarcatórios, a necessidade de interrupção das obras em Belo Monte para que as consultas e estudos sejam feitos.

Ouça na íntegra: http://migre.me/eVzak Portal EBC
Foto: Elza Fiúza/ABr

%d bloggers like this: